Bragança

PSD sai em defesa de Luís Afonso e ataca PS

Publicado por AGR em Qua, 2020-08-05 18:18

Foi através de um comunicado que a concelhia de Bragança do PSD saiu em defesa de Luís Afonso, desferindo um ataque ao PS local pelo abandono da Assembleia Municipal extraordinária da passada sexta-feira.

O PSD acusou o PS de "falta de respeito pelo próprio órgão e por todos os munícipes, ato que merece total reprovação" por parte da concelhia social democrata.

Lembrando que "a agenda de trabalhos previamente definida e aprovada em reunião da Comissão Permanente da Assembleia Municipal (...)" e que " o Grupo Municipal do Partido Socialista pronunciou-se de forma favorável e não fez qualquer proposta de inclusão de outro assunto para discussão na Assembleia", a concelhia laranja entende que "é lamentável, que o Grupo Municipal do Partido Socialista tudo tivesse feito para manipular e ludibriar o bom funcionamento dos trabalhos da Assembleia Municipal".

"É preocupante, que o Sr. Presidente da Junta de Freguesia do Parâmio, para servir um propósito partidário, abandone os trabalhos da Assembleia Municipal e relegue para um plano inferior a defesa dos interesses de todos aqueles que o elegeram", dizem ainda.

"Não se entende, que o líder do Grupo Municipal do Partido Socialista, e os restantes membros presentes, tivessem desrespeitado, de forma rude, irresponsável e provocatória, os colaboradores do Teatro Municipal, onde decorreu a sessão, assim como as normas emanadas pela Direção-Geral de Saúde, não acatando as orientações definidas para o percurso de saída.

A Comissão Política de Seção de Bragança do PSD, enaltece o desempenho do Presidente da Assembleia Municipal de Bragança, Dr. Luís Afonso, que, sempre atuou de uma forma transparente, tolerante, imparcial e independente, orientando os trabalhos tendo por base o respeito e o cumprimento integral do Regimento da Assembleia Municipal. É importante ressalvar que as qualidades referidas lhe são reconhecidas para lá do espectro político, no âmbito da sua vida pessoal e profissional.
Importa esclarecer, que repudiamos de forma veemente todo o tacticismo político que atenta contra a verdade, a democraticidade e o saudável respeito pela diferença de opinião.

É penoso e pode ser perigoso para o exercício do serviço público.
Entendemos que a falta de ideias e de opções políticas, não pode justificar TUDO, para priorizar uma agenda partidária assente em “verdades alternativas”, em detrimento da defesa dos interesses do nosso concelho.

O Partido Social Democrata, em diálogo com as pessoas, no respeito pela diferença, com elevação e seriedade continuará a apresentar ideias e políticas que acautelem o superior interesse dos cidadãos", conclui o comunicado.