Bragança

Luís Afonso deixou órgãos sociais do Hospital Privado de Bragança

Publicado por António G. Rodrigues em Sex, 2020-08-07 10:49

Estão em vias de paragem as obras no Hospital Privado de Bragança, depois da polémica levantada pelos vereadores do Partido Socialista de Bragança com a acusação de conflito de interesses do empresário Luís Afonso, presidente da Assembleia Municipal de Bragança e presidente da Assembleia Geral da sociedade que estava a instalar uma unidade de saúde privada em Bragança.

Nos últimos dias, as obras que vinham decorrendo no antigo edifício do ISLA conheceram um abrandamento significativo. Ainda na quarta-feira de manhã, apenas um trabalhador se encontrava no estaleiro e as máquinas estavam todas paradas.

Uma situação que surge depois de uma reunião entre o Conselho de Administração daquela sociedade e o presidente da Câmara de Bragança, Hernâni Dias, na passada segunda-feira.

Ao longo de duas horas, os empresários procuraram fazer ver ao autarca brigantino o desencanto com a forma como o projeto deste hospital privado está a ser recebido nalguns quadrantes da sociedade brigantina.

Após uma reunião que conheceu alguns momentos de alguma tensão, nenhum dos membros do CA do Hospital Privado de Bragança quis prestar declarações ao Mensageiro, que assistiu à saída dos empresários do edifício da autarquia.

 

Luís Afonso abdicou no dia 02 de julho

Já antes disso, na sexta-feira passada, no final da Assembleia Municipal extraordinária (ver texto na página seguinte), Luís Afonso confirmou ao Mensageiro que o conflito de interesses "está sanado".

(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)