// Nordeste Transmontano

Associações Comerciais de Bragança e Miranda antecipam 2021 como um ano negro para o comércio tradicional

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2021-01-14 09:13

Ainda a crise económica que assolou a maior parte do ano de 2020 à conta da pandemia covid-19 não está resolvida e já os empresários do pequeno comércio fazem contas à vida antecipando um cenário ainda mais negro para o ano corrente, face à progressão do contágio no distrito. O comércio tradicional de Bragança e Miranda do Douro preveem um inverno difícil. As empresas estão descapitalizadas e não dispõe do fundo de maneio com que muitas puderam contar no ano que acabou há menos de um mês. Em plena época de saldos a ordem é encerrar devido a novo confinamento nacional, cujas medidas foram anunciadas ontem. Os prejuízos de 2020 não foram ultrapassados. As associações comerciais apontam uma situação económica “dramática” na duas cidades.