Bragança

Prisão preventiva para os cinco suspeitos da morte de Giovani que estão indiciados por homicídio qualificado

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2020-01-23 09:05

Os detidos, entre os 22 e os 35 anos, todos do concelho Bragança, são encarados pela Polícia Judiciária como o “núcleo duro” que perpetrou as agressões ao estudante cabo-verdiano na madrugada de 21 de dezembro. O jovem morreu no dia 31, após um internamento de 10 dias em morte cerebral, devido a um traumatismo provocado por uma paulada.
O Mensageiro conta-lhe os pormenores deste crime que chocou a região e o pais.
LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO IMPENSA OU EM PDF ONLINE.