Bragança

Mais de 92 por cento dos reclusos da cadeia de Bragança trabalham ou estudam

Publicado por Glória Lopes em Qua, 2019-07-17 14:17

Na cadeia de Bragança mais de 92,8% dos 78 reclusos estão ocupados, a trabalhar ou em formação, dos quais 14 trabalham para o município e os restantes em empresas privadas. A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem foi conhecer esta realidade esta quarta-feira, para visitar as obras de ampliação do Estabelecimento Prisional, que estão a ser executadas pelos presos. "É nossa prioridade absoluta que os reclusos estejam ocupados ao longo do dia e que tenham um quotidiano preenchido com atividades, um quotidiano não ocioso e que ajude a que tenham um vida mais pacificada internamente e que criem competências que lhe permite melhorar as suas condições de vida e ter outras alternativas", afirmou a responsável pela tutela, que considera fundamental "que se encontre uma ligação entre a atividade económica, a sociedade civil e os estabelecimentos prisionais".